A maioria das pessoas ainda compreende a terapia holística como sendo técnicas complementares e ou terapias alternativas, usando esta definição para as mais variadas técnicas dentro de uma visão ocidental moderna.
Buscam as terapias holísticas para alívio físico e utilizando-se apenas de técnicas separadas, que aliviam momentaneamente, trabalhando sintomas e não as causas de um desequilíbrio.
As terapias complementares ao meu ver deveriam ser utilizadas como processo de manutenção do equilíbrio físico, e de relaxamento após ter passado por um processo integral holístico, porque as terapias complementares não são preventivas e nem tão pouco resolutivas.
A terapia holística é um processo muito mais complexo e profundo que isso.
É necessário a sensibilidade do terapeuta, muitas das vezes, para que ele, ao ouvir seu cliente, saiber como conduzir as ferramentas que compõem um processo terapêutico holístico.
Quero salientar que existem vários caminhos dentro da holística que são entendidos como esoterismo, e na verdade são ferramentas que auxiliam a compreensão do cliente pelo o terapeuta, daquilo que nem ele ainda sabe dizer. Normalmente o cliente chega dizendo não sei quem sou, ou não me reconheço mais. Ou cansado de tomar medicamentos para suas angustias, tristezas e ou melancolias sem soluções a não ser a dependência dos medicamentos (nada contra quando se é realmente necessário, mas procurar auxílio para sair da dependência e tomar contato consigo mesmo é o caminho).
O Terapeuta holístico é diferente de um médico, o médico olha sintomas e dá resultado para aquela parte que está doente.
Na holística não, como o nome diz “holis” = holus = todo –“tica” = estudo, ou seja um estudo da pessoa em questão, a qual pode ser muito bem observada, por análise de seu mapa astral, pois está sob influência de aspectos que trazem desequilíbrios quando estão mal aspectados e estarão em alguns momentos maus aspectados certamente, faz parte do ciclo de compreensão do ser como indivíduo, pois, somos seres divinos passando por uma experiência na terra, e esta viajem está sob regência astrológica, então um bom terapeuta holístico lançará mão desta ferramenta “esotérica” para detectar as influências que estão desequilibrando, e que por isso o cliente nem sabe responder os motivos de seus temperos.
Outro item pertinente ao mundo esotérico é o Tarô, que é um espelho para trazer o momento do cliente como ele está se entendendo nas respostas energéticas. Quase nunca neste momento, ele ou ela, soube desvendar, porque sua sensibilidade está comprometida pelos desequilíbrios.
Com essas ferramentas se tem um panorama e um quadro de orientação por onde seguir com o cliente e utilizar-se das terapias complementares como os florais, massagens, mas principalmente, o renascimento, que faz o papel de limpar e oxigenar os condutos energéticos e facilitando a entrada do terapeuta na energia desta pessoa para, assim, auxilá-la em seu despertar. Por isso que, ao invés de chamar meu processo terapêutico de psicoterapia holística, simplesmente eu a denomino de Terapia despertar do Eu. Porque é isso que a terapia holística consiste, um caminho dentro dos processos nos períodos em que o cliente se permite entrar e trilhar um novo caminho para sua descoberta dentro de si.
As terapias corporais são acionadas para auxiliar na maneira deste cliente se desprender do que está registrado na massa muscular, nos tendões.
Já tive clientes que me disseram, depois 8 sessões, “acredita que parece que eu cresci fisicamente”, sim e não. Não porque depois de uma certa idade não se cresce mais, mas é certo que depois de maduro a tendência é encolher, encolhe o peso no corpo físico. Aí, quando vem para um procedimento holístico e se submete a psicoterapia e todas as ferramentas que compreendem a holística, como mencionado, provavelmente estica sim, o corpo fica ereto, leve, sem peso nos ombros.
Então, reiterando, ferramentas como reiki, yoga, massagens, meditações são ferramentas “complementares” de um processo holístico que subentende-se como psicoterapia holística, porque vai utilizar dos florais, diálogos, induções orientativas, coach, fazendo a pessoa se autoperceber, florais para auxiliar na compreensão dos fluxos emocionais e mentais.
Utilizo as terapias corporais para relaxar meus clientes, aliviar os sintomas que se sedimentam na musculatura ocasionados por tensões, e as meditações passivas para  compreender a plenitude da mente, mas o  ser humano é composto de vários corpos energéticos que trazem em sua memória celular todos os momentos vivenciados de suas vidas dentro da esfera terrena, ou seja, memórias de vidas passadas, memórias da vida atual, que se contrapõem à sua essência. Por isso, se perde a força de ser exercida em plenitude de seu ser, demorando, às vezes, quase uma vida inteira para um despertar e desabrochar com confiança, firmeza e harmonia.
Portanto, as terapias como massagens, equilibram o corpo físico e atuam no campo vibracional do sistema nervoso, promovendo relaxamento físico.
Já os cristais e a cromoterapia, atuam no corpo energético reconstituindo o fluxo de energia.
Mas são técnicas que na maioria das pessoas não causarão a mudança principal que é a forma de conduzir os pensamentos, só relaxam e produzem calma, mas no primeiro entrave o desequilíbrio vem à tona, porque a mente não está trabalhada.
As terapias holísticas se dividem em técnicas corporais, sincronicidade e psicoterapia holística.
Técnicas corporais: massagens, vivências, meditações dinâmicas.
Sincronicidade são ferramentas ou fórmulas de atuar diretamente no corpo energético para leitura e harmonização, pessoal ou ambiental.
Como ferramentas de leituras, ou seja sincronicidade: Numerologia, Astrologia, Tarô, radiestesia, etc.
Como fórmulas aplicativas: Cristais, Reiki, Deeksha – alinhamentos de chakras, Mantras, Pujas realizados em rituais.
E ainda a psicoterapia holística consiste em organizar uma interatividade com o receptor e o terapeuta utilizando dos conhecimentos e do fluxo intuitivo em como produzir um caminho para trazer a tona os bloqueios conhecidos e desconhecidos de cada receptor.
Meu intuito com este artigo é deixar claro no que consiste um processo de terapia holística e orientando no que você anda buscando, e se está se trabalhando na essência ou simplesmente relaxando, e no primeiro obstáculo, pronto seu desequilíbrio vem à tona e diz, nossa já fiz tanta coisa e ainda estou assim.
Quero também deixar claro que terapia holística não soluciona as questões de empregos, de relacionamento afetivos. Mas abre os campos energéticos em todos os sentidos e, desta forma, converte-se no sentindo amplo da prosperidade.
Mas posso dizer: se entregue e se deixe levar, a terapia holística é um processo de mudança da mente e das emoções negativas. Faça isso agora e irá descortinar o Seu Eu. Tenha certeza, é um outro você que surgirá.

Esteja preparado(a) para o novo.

comentários

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: