Pra quê?
O que é este forte chamado para conduzir mulheres ao “ Sagrado feminino” ?
Algumas mulheres chegam até mim dizendo – “estive num ritual de ayhuasca e na força veio claramente o chamado “conduza o sagrado feminino”, eu ouvi de outras mulheres, minha terapeuta ou minha astrológa – “disseram que está no meu caminho conduzir mulheres e que devo conhecer o sagrado feminino”.
Comigo também não foi diferente. Não foi num dia de ayhuasca, mas foi numa manhã que acordei com vontade de fazer mantras ao feminino, sentei e fiz mantras para Durga e Kali, depois de um dado momento entrei num portal, onde estavam as imagens vivas de Deusas me chamando claramente, kali de um lado e Durga do outro, me pegam pela as mãos e me levam para dentro de um portal da ancestralidade, tudo era um escuro gostoso e suave, e de repente flashes que se abriam em símbolos luminosos e dourados, e a imediata  conexão com o coração, me fez ter a certeza de que era hora de conduzir o sagrado feminino e ensinar as mulheres que estão com o mesmo chamado.
Este momento ocorreu em meados de junho de 2014.  Então comecei. Chamei uma cliente e já amiga, muito sensível e que já vinha uns dias me dizendo sinto que é necessário fazer um trabalho vivencial com mulheres. Eu disse , certo – eu também senti o chamado.
Perfeito sentamos as duas e fizemos 21 dias de ritual com mantras e forças ao sagrado feminino, às deusas indianas, a kuan yin, as forças femininas dévicas em geral, como vinham, deixávamos fluir.
Eu até aquele momento já havia conduzido vários trabalhos do sagrado feminino e masculino, e conduzia vivências do tantra.
E claro sou terapeuta há mais de 30 anos e eu digo, quem é terapeuta holístico tem seu sagrado feminino muito aflorado, porque está lidando com a sensibilidade em tempo integral.
E ai, a vontade de levar mulheres na origem da fonte do matriarcado se tornou cada vez mais forte, e fui colocando nomes em alguns trabalhos que brotavam naturamente, consciência do Ser mulher em 2015, círculos de mulheres logo em seguida, misturados com vivências meditativas, alguns grupos, alguns trabalhos meditativos  e tudo foi tomando forma.
E um dos períodos do incio de 2016 , veio a certeza de que era mais que fazer somente círculos e pequenas vivências. Pois o sagrado feminino se torna forte e popular e surgindo grupos e mais grupos em nome do sagrado feminino, em várias vertentes.
E fui observando algumas coisas, outras tomando forma mais religiosos, como já mencionei em outros artigos e outras mais assim de encontro ao fluxo do ligar-se à fonte de irmandades, onde se fazem artes, mantras, imersão. Todos em prol de um desbravar de autoconhecimento extremamente válidos.
Mas e aquelas que como eu recebeu o chamado para conduzir, mulheres de forma terapêutica, com vivências meditativas e rodas terapêuticas e ainda não sabem ler em como fazer isso.
Sim temos a racionalidade forte ainda né, precisamos de didática. Aprendizados teóricos conjugados ao práticos. E ai veio o conteúdo de como conduzir mulheres e ensinar a serem condutora do sagrado feminino.
E cá estou eu formando mulheres para serem sacerdotisas  ou anciã do sagrado feminino.
Com um curso de formação para aquelas que sabem que tem em seu Eu o chamado para conduzir mulheres que ainda precisam da Guru ou da mãe sábia. O curso de condutoras do sagrado feminino é um caminho onde você aprende teoricamente e na prática a conduzir e reconhecer os elementos, os arquétipos, reconhecer a cor na música, o elemento e trazer a mulher com a consciência de que chakra você está trabalhando. E o porque de tal chakra. Ensiná-las a ter sustentação no seu caminhar, na sua firmeza, na expressão do seus sentimentos, no empoderamento do seu eixo divino. E desabrochar a SER DIVINA de cada uma. Se você sente que é este o seu chamado venha.
Venha ter conhecimento bebendo na fonte do matriarcado milenar de origem dravidiana, e encontrar a verdadeira essência e transmitir através do conduzir com graça os grupos, círculos e vivências SER DIVINA.
Venha ser uma condutora do sagrado feminino, e com isso contribuir para um mundo mais forte, para um universo mais pleno.

Leave a Reply

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: