Venha você também compor comigo o Círculo de mulheres “SER DIVINA”, num momento único de união das potencialidades: de força, intuição e sabedoria de cada uma. Todas na mesma hierarquia de união e irmandade.
Durante o círculo utilizaremos de elementos tais como:
A consciência de criação, fecundação, realização. O religar espiritual, reconhecer os arquétipos femininos e dévicos através de rituais. Trocar energias, cantar mantras, reconectar a força ancestral da sabedoria e da prosperidade da fonte dévica indiana e deixar fluir a força natural.
Qual mulher deverá está no círculo?
Certamente você que lê agora, e todas as mulheres que acreditam que ao estar num círculo de mulheres sagradas, estará desabrochando sua Deusa na prática e portanto, fazendo a diferença para si e para o universo.
Todas as mulheres são convidadas sem distinção de raça ou credo.
A mulher mãe, a mulher terapeuta, a mulher moça, a mulher avó, a mulher solteira, a mulher menina, as condutoras de outros caminhos do sagrado.
Resiliência, irmandade, comunhão, igualdade.
Venha de saia, traga seus instrumentos caso os tenha, como também flores, incenso e  frutas.
Traga suas amigas, irmãs e mães.

A partir deste momento os círculos estão abertos para acontecer onde houver um chamado, estarei lá, ajude a divulgar e levar essa ideia para espaços que ainda não tenham círculos de mulheres e que tanto é necessário para o equilíbrio dos ambientes de cura.

Agora também temos um ambiente lindo num local semi rural em Ferraz de vaconcelos onde ocorrerá todos os trabalho voltado para o resgate, cura e empoderamento do sagrado feminino.
A Comuna Durga passa ser o meu canto sagrado que dividirei com muita honra com todas as mulheres que desejam se encontrar e se resgatar.
Dentro do meu cajado de anciã, estou pronta e a espera de você, que está pronta para baixar a toalha e aprender a ser sacerdotisa, ser anciã e ou simplesmente vivenciar a cura atraves do fluxo do religar do sagrado feminino.

Informe seu interesse mandando seu nome, email e telefone abaixo.

 

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: